A Importância do Autodesenvolvimento

Publicado em: Beny Educa Criado em: 2014-08-11 Acessos: 827

Autodesenvolvimento é uma competência que está sendo muito valorizada nas organizações nos dias de hoje. Especialistas afirmam que ela apresenta vantagens primeiramente ao indivíduo e, consequentemente, às empresas...

Autodesenvolvimento é uma competência que está sendo muito valorizada nas organizações nos dias de hoje. Especialistas afirmam que ela apresenta vantagens primeiramente ao indivíduo e, consequentemente, às empresas. Para compreender o que se trata, precisamos entender o significado de desenvolvimento.

Desenvolvimento significa aumento das capacidades ou das possibilidades. Todo desenvolvimento implica em romper com padrões já estabelecidos para adotarmos outro. Trata da promoção do potencial das pessoas, do aumento de suas possibilidades e do desfrute da liberdade de viver a vida que eles valorizam. O desenvolvimento acontece não só no campo profissional, mas também, e principalmente, no ambito pessoal. O ser humano é um ser holístico, portanto, o desenvolvimento ocorre em qualquer dimensão humana (física, emocional, mental, social e espiritual). O sucesso, êxito ou triunfo em uma dessas dimensões afeta de forma geral a nossa vida. Não tem como separar realização pessoal da realização profissional.

No processo de autodesenvolvimento o indíviduo assume a responsabilidade pela sua evolução, adota uma postura voltada à aprendizagem contínua. O autodesenvolvimento não é apenas um processo constante de crescimento e fortalecimento de indivíduos talentosos e competentes, mas sim um estado de espírito. 

O próprio indivíduo busca recursos e condições para sua evolução. Podemos considerar recursos a educação ou qualquer outra ação que venha contribuir para que o ser humano se desenvolva. Não existe um método, um caminho único para esse desenvolvimento, ou seja, não importa se é uma pós-graduação, um treinamento técnico ou uma simples sessão de yoga, é sempre autodesenvolvimento.

Com a autoaprendizagem o indivíduo busca questionar-se, explorar-se e mais do que tudo, melhorar-se. Compromete-se em conhecer novas possibilidades, aprender novos conceitos e valores. O ser humano busca estudar cada vez mais, gerando uma curiosidade natural, que se manifesta por um interesse em descobrir e conhecer o mundo. Para tanto, é necessário possuir iniciativa, persistência, automotivação e disciplina. 
Todavia, o autodesenvolvimento deve estar alinhado com a missão, visão e valores do indivíduo. Os valores norteiam a missão e a visão. São eles que direcionam nossas decisões e escolhas, principalmente na busca da realização pessoal. 

Segundo Ricardo Simões, consultor da BENY, o processo de autodesenvolvimento engloba algumas etapas essenciais. São elas:
•    Realizar uma autoanálise;
•    Buscar auxílio de pessoas que possam contribuir para seu autodiagnóstico, detectando pontos positivos e pontos a melhorar;
•    Definir os objetivos e meios para alcançá-los.

Nas organizações brasileiras é comum encontramos funcionários insatisfeitos com as oportunidades de desenvolvimento e com a falta ou não adequação dos treinamentos oferecidos pelas empresas. Contudo, também não é habitual encontramos empregados que assumam a co-responsabilidade de sua própria evolução e que buscam soluções para seus próprios problemas. No contexto atual, a área de gestão de pessoas nas organizações deve assumir o papel de facilitador e orientador e não de definidor da evolução profissional dos seus colaboradores.

Consultor de Gestão de Pessoas.

Tags: